Após a apresentação e discussão das propostas, o documento segue para aprovação em diversas instâncias municipais

A Prefeitura de Rosário reuniu representantes políticos, de movimentos sociais e população em geral em uma audiência pública para discutir as propostas para o Plano Plurianual 2018/2021 do município. O evento aconteceu na manhã desta terça-feira, 8, na Câmara Municipal de Rosário.

O PPA é um documento que deve conter as diretrizes, objetivos e metas de médio prazo da administração pública. “Prevê, entre outras coisas, as obras que serão realizadas nos próximos anos”, explica o contador Geral do Município, Nilton Prazeres.

O Plano Plurianual tem duração de quatro anos, daí a necessidade de ser de uma elaboração cuidadosa. “Devemos analisar minuciosamente cada detalhe do documento, pois ele servirá como guia das ações que serão desenvolvidas”, ressalta a prefeita Irlahi Moraes (PMDB).

Irlahi Moraes explicou que o PPA inclui uma série de programas temáticos, os quais, por sua vez, incluem as metas para os próximos anos de gestão. “Trata-se de um instrumento tão importante que nenhum investimento cuja extensão ultrapasse um exercício financeiro, ou seja, um ano, pode ser iniciado antes de ser incluído no Plano Plurianual, sob pena de crime de responsabilidade”.

 

Próximos passos

Após a audiência pública, secretários de todas as pastas da administração municipal se reúnem para elaborar o PPA que, em seguida, será avaliado pelo contador Geral do Município, Nilton Prazeres, e sua equipe de técnicos. Após esta fase, o documento passa para a Câmara Municipal, que irá avaliar as propostas. Somente após esta etapa, o Plano Plurianual é entregue à Prefeita de Rosário, para aprovação