Agricultura

Agricultores de Rosário se reúnem para Chamada Pública do Programa de Alimentação Escolar

A ação visa selecionar os grupos da agricultura familiar para fornecer gêneros alimentícios que serão usados na rede municipal de ensino

Na manhã desta terça-feira, 6, a Prefeitura de Rosário, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, realizou a Chamada Pública do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). A ação aconteceu no auditório da Escola Maria José Macau e atende às Resoluções nºs 26/2013 e 04/2015 do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que determina que 30% dos recursos do PNAE sejam aplicados na aquisição de gêneros alimentícios da Agricultura Familiar.

A reunião contou com a participação de agricultores dos povoados de São João do Rosário, Bom Jesus, Cajazal, Igarapé Grande, Pirangi I, Pirangi II, representantes de associações de moradores, grupo representando o povoado de Boa Vista e o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras de Rosário (STTR). Ao todo, 177 agricultores estão participando do processo.

Durante o evento foram detalhadas as normas de participação, que garantem aos agricultores fazerem parte dos grupos que irão fornecer os gêneros alimentícios para produção do lanche escolar. “Dentre as exigências está a Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (DAP) perfeitamente regularizada”, destaca o secretário de Agricultura, Valter Costa.

A chamada pública também foi o momento para apresentação dos produtos que serão fornecidos para a produção do lanche escolar. A nutricionista responsável pelo Programa de Alimentação Escolar de Rosário, Liliane Castro, explicou que, após a seleção dos grupos de agricultores que irão atuar como fornecedores, todos os produtos deverão seguir o mesmo nível de qualidade dos que foram avaliados durante a reunião. “Para garantir isso, técnicos farão visitas frequentes às escolas”, destacou. Liliane Castro revelou, ainda, que, além das nutricionistas do Programa, as vistorias contarão com representantes do Conselho de Alimentação Escolar (CAE).

 

Conquistas

Segundo a prefeita Irlahi Moraes (PMDB), diversas são as ações que estão sendo executadas na área de agricultura em Rosário, o que a gestora destaca como fundamental, pois este setor ainda exerce forte impacto na economia da região. Sobre o Programa de Alimentação Escolar, a gestora destaca tratar-se de um avanço que comprova que as ações da Prefeitura têm gerado resultados palpáveis. “Nossos agricultores estão tendo maior incentivo para produzir com qualidade, pois sabem que há um destino certo para seus produtos”, enfatizou Irlahi.

 

Para Conceição de Maria, representante dos grupos de agricultores e moradora do povoado São Miguel, a certeza da comercialização é uma das grandes vantagens de participar do Projeto. “Agora nós podemos vender nossos produtos e evitar que estraguem, como acontecia antes. Basta que a gente tenha cuidado com a qualidade”.

 

Próximas etapas

Após a seleção dos grupos de agricultores que irão atuar como fornecedores, novas reuniões serão realizadas. “Isso é necessário para que todos entendam os detalhes do Projeto e como deve ser apresentado cada produto”, finaliza Valter Costa.

 

 

 

Mais em Agricultura


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!