Educação

Prefeita Irlahi participa da 3ª Conferência Intermunicipal de Educação e destaca avanços em Rosário

Na manhã de terça-feira, 13, a prefeita Irlahi Moraes participou da abertura da 3ª Conferência Intermunicipal Maranhense de Educação, realizada pela Unidade Regional de Educação de Rosário. O evento é uma etapa preparatória para a Conferência Maranhense de Educação (Comae), agendada para abril deste ano, com foco na avaliação dos Planos de Educação (Nacional, Estadual e Municipais) e proposição de políticas educacionais para efetivação de suas metas e estratégias.

“Nestes dois dias, nos debruçaremos nas proposições de políticas educacionais para avaliar as metas e estratégias do Plano Nacional de Educação e de que forma podemos pensar ações tanto a nível estadual quanto municipal”, falou o representante da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Luís Alberto Pinheiro, na abertura das atividades.

Estiveram presentes também no encontro o secretário municipal de Educação, Joaquim Neto; o gestor da URE de Rosário, Claudiney Frazão; o presidente da Câmara Municipal de Rosário, Luís Carlos (Kiko), além de secretários municipais, vereadores, representantes, técnicos e gestores dos municípios de Barreirinhas, Axixá, Presidente Juscelino, Cachoeira Grande, Humberto de Campos, Santo Amaro, Bacabeira, Morros e Icatu.

Na oportunidade, Irlahi Moraes (PMDB), que está no segundo mandato da gestão municipal, destacou os avanços nas políticas públicas em educação para o município de Rosário, com ações de infraestrutura, serviços e obras, qualificação de docentes e diálogo com a sociedade civil.

“Não podíamos deixar de participar desse encontro e aproveitar para convidar a todos para as comemorações dos 398 anos de fundação de Rosário, no dia 6 de abril, ocasião em que vamos realizar a entrega de diversas obras, avenidas, estádios, quadra e uma escola. Precisamos nos unir pela educação e garantir mais formação, mais desenvolvimento, uma escola de formação na área de português e matemática, por exemplo”, sugeriu a prefeita Irlahi.

 

Avanços na educação

A Secretaria Municipal de Educação também apresentou dados e investimentos. Até o final de 2017, 38 escolas foram reformadas, 7 ampliadas e 6 construídas. Em março deste ano, mais duas escolas foram ampliadas e entregues à população antes do início do período letivo. Além disso, 20 unidades de ensino hoje estão totalmente climatizadas.

Outros projetos também estão sendo desenvolvidos como complementares no processo de ensino-aprendizagem. É o caso do projeto ‘Educando e Produzindo Hortaliças na Escola’, voltado a crianças matriculadas em creches municipais e a estudantes de até 12 anos de idade, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento de hábitos alimentares saudáveis e para a criação de vínculos com a produção agrícola. Já no projeto ‘Alimentar-se bem para crescer com saúde’, educadores direcionam na identificação e diferenciação dos diversos tipos de alimentos e a importância de cada um para a saúde.

 

Para diminuir a evasão escolar, a Prefeitura executa o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), desenvolvido desde 2003, e o projeto ‘Banco do Saber’, cujos resultados positivos fizeram com que o modelo fosse adotado por outras prefeituras. Funciona por meio de méritos, levando em consideração fatores como presença em sala de aula, bom comportamento, boas notas, participação dos pais nas atividades escolares, dentre outros.

 

Qualificação

As políticas públicas na área de educação também apontam para a qualificação dos docentes, por meio de programas de capacitação, a exemplo da Oficina de Formação Pedagógica dos Professores da Educação Infantil, realizada por especialistas da Editora do Instituto Prisma de Desenvolvimento Humano (IPDH). Nesta ação foram beneficiados 230 professores.

Outro projeto desenvolvido pela Prefeitura beneficiou 322 educadores da Educação Infantil, do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental, e os que atuam no projeto Mais Educação, tanto da sede, quanto dos povoados de Rosário. Nesta capacitação, os educadores foram divididos em três turmas, que trabalharam as temáticas ‘O fazer pedagógico na Educação Infantil’, ‘A leitura’ e ‘Escrita como processo de conhecimento’.

“Por considerarmos que o desenvolvimento de uma cidade passa pela educação é que temos trabalhado cada vez mais em ações de melhoria e, sobretudo, contemplado a participação da sociedade civil, por meio do Conselho Municipal empossado em janeiro deste ano e também o seletivo com 330 vagas para ocupação imediata e 330 para cadastro reserva. Todas estas ações colocam o município de Rosário em destaque no cenário do estado”, finalizou a prefeita Irlahi Moraes.

 

Sobre o Comae 2018

A Comae 2018 tem como tema “A consolidação do Sistema Nacional de Educação (SNE) e o Plano Nacional de Educação (PNE): monitoramento, avaliação e proposição de políticas para a garantia do direito à educação de qualidade social, pública, gratuita e laica”.

A Comae 2018 será precedida pelas Conferências Livres, Municipais e pelas Conferências Intermunicipais que acontecerão nas sedes das 19 Unidades Regionais de Educação do Estado, com a finalidade de cumprir as etapas preparatórias da 1ª Conferência Nacional Popular de Educação (Conape) e da 3ª Conferência Nacional de Educação (Conae), coordenadas respectivamente pelo Fórum Nacional Popular de Educação (FNPE) e pelo Fórum Nacional de Educação (FNE).

 

 

 

 

 

 

Mais em Educação


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!